quarta-feira, 14 de maio de 2008

Relax, baby!

Essa tensão da contração excessiva dos músculos que eu tenho, impedem-me de gozar.
Essa trava não deixa o rio fluir. O sangue corre apedrejado.
Os movimentos estão quadrados.
A porta está fechada.
Minha cabeça funciona como um pêndulo.
Essa maldita Geni aprisiona-me.
Meu peito trancado carrega um escudo pesado e firme.
Rebato tudo. Bate e volta.

Na ousadia de tentar abrir um pouco a porta, penso num medo profundo e rapidamente contraio todos os músculos e perco a leveza das articulações.
Esse pensamento excessivo sufoca minha imaginação.
O que fazer agora?
Meditação?

Hoje recebi uma pressão em cada ponto do meu corpo, da cabeça aos pés.
Senti dor. Muita dor.
E esse pode ser o caminho para o alívio.
Apertar para diluir.
E pronto.

É esse, é essa.
É isso.
Isso que eu não sei escrever.
Apenas sentir e digo:
Relaxar é tão importante quanto contrair.

3 comentários:

jupyhollanda disse...

Lindona,

AMEI seu comentário no Sachêt... ;)

Infelizmente não poderei ir te ver amanhã... pois vou viajar para ver meu namorado... =) - mas a gente marca, combina e se vê em breve.

Saudades,

Juju

maria rezende disse...

sábia percepção, betina: o equilíbrio é a parada! =)
beijo, maria

carlinhakriok disse...

Fazer sexo é uma arte e gozar faz parte! Gozemos a vida, pq a vida sem gozo é amrga demais...
beijos