quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Quando


Foto: Layana Lossë


Quando a luz se apaga e a sombra reina
Fadinhas luminosas brilham
Caveiras Malucas dançam
Velas trazem lágrimas aos olhos de medo.
Quando a eletricidade pifa
Desintegrados ficamos.
Fios são extensões dos nossos dedos
Interruptores objetos que pertencem ao nosso corpo.
Quando não enxergamos um palmo na nossa frente
Bitolados estamos
Acomodados vivemos.
Quando a noite vai embora e o dia chega
A lua dá lugar ao sol
O brilho natural da aurora
traz calma aos corações aflitos que habitam
os bueiros do centro da madrugada.
Quando a luz do sol brilha e a eletricidade morre
O que o seu cérebro elétrico faz?
Voltemos anos passados para descobrir
a essência vital das coisas que de fato
tem valor para nossa alma.
Viver com a natureza!
Acordar com o sol e dormir com a lua.
Ajustar o relógio ambiental.
Descobrir novas formas.
A natureza é quem manda em nós
e se ela quiser a eletricidade morre.

Galdinópolis, 14 de novembro de 2009.

video

YouTube: http://www.youtube.com/watch?v=K4PGJvDJMo8

5 comentários:

Lita Sahun disse...

Olha só ela, aquela menina da minha terra Araribóia que conheci pelos jardins daquela casa alta e bonita lá de laranjeiras.
Estive com seu livreto hoje em mãos... e passei aqui pelo blog a te procurar e achar.
litaeletea.blogspot.com
litapoesia.blogspot.com
sabordeverde.blogspot.com

Sérgio Medeiros disse...

Sim, moça, venceremos batalhas! A primeira eu travarei contra o sono para ir no próximo corujão (o outro o apagão não deixou)!

Michelly Barros disse...

Estou tentando escrever sobre isso há dias! Fiquei de cara agora, porque o ponto de vista é o mesmo. A modernidade pifa e a gente pifa junto, mas o mundo só para e mete medo naqueles que não param para aproveitar as estrelas num dia de apagão no coração da grande cidade. Fico feliz de te reencontrar por aqui, de te re-conhecer e poder me re-apresentar tb.

Beijo enorme, Bb.

Anónimo disse...

Adorei , chorei e rir...foi lindo vcs 2 perto de nós todos... parabéns ...é muito bom sentir suas palavras, seus gestos...quero mais...Galdi taí , pra vcs, sempre!!! Bjs Giullia
giulliamcoelho@yahoo.com.br

Naty Ansbach disse...

ADOREI BB! Tu podia gravar um video para cada escrito.rs Em lugares diferentes. rs
Linda!

Beijo Beijo